Salve o Rock

14 jul

Salve, salve Rockeiras!

Hoje, dia 13 de julho, Dia Mundial do Rock!

Vou confessar-lhes uma coisa. Minha irmã mais velha, talvez não saiba da influência que exerceu na minha vida durantes alguns bons anos. Na tentativa de ser mais “cool” tudo que ela fazia, eu queria fazer também. (Típico, né?)

Ela, por sua vez, assistia MTV demaaaaaaaaaaaaaaaais, eu odiava, mas estava com ela assistindo também! Lembro como se fosse hoje, isso deve ter acontecido em 1993/1994. Ainda lembro que minha prima vinha sempre para minha casa para ficar assistindo TV com minha irmã, e eu, a filha do meio, sobrava. Mas eu as bisbilhotava demais. Na tela da televisão só passava os clipes “Segue o Seco”, da Marisa Monte, “Qualquer Bobagem”, do Patu Fu, e “Vou Te Mostrar”, do Virna Lisi.

Como aquela época era boa!

Depois veio a invasão de música internacional: Smashing Pumpings, The Verve, Bush, Nirvana, Third Eye Blind, The Cardigans, Metalica, The Cramberries, Green Day, No Doubt, e por ai vai…

Ainda se via muita banda de rock do Brasil fazendo MÚSICA DE VERDADE, sem pagar JABÁ, pra tocar em rádios ou passar na televisão, e vídeo clipes de VERDADE e mais CRIATIVOS.

O curioso é que nunca compartilhei gosto musical com meus amigos. É que enquanto eu escutava Smashing Pumpkings, Alanis Morissette, No Doubt, Madonna, Blondie, REM, Aero Smith e por aí vai…. meus amigos escutavam, É o Tcham, Boquinha da garrafa, Companhia do Pagode, e forró! O resultado disso tudo é que para sair na companhia deles, eu tinha que “alugar” o meu ouvido! Hahhaha Isso é que é amiga!

Depois de tudo isso eu comecei a realmente gostar de assistir MTV. O primeiro clipe que assisti quando liguei a TV, por livre espontânea vontade foi “Hand in my Pocket” da Alanis Morissette. Me apaixonei pelo som, curto até hoje. Juntei dinheiro e comprei o CD “Jagged Little Pill”, escuto e canto como se não houvesse o amanhã. Ao mesmo tempo comecei a curtir, sem nenhuma intervenção da minha irmã, os Paralamas do Sucesso. Também juntei dinheiro e comprei o CD. 19 reais.

Aliás, toda vez que compro um CD novo, escuto minha prima dizer “você é a única pessoa que eu conheço que ainda compra CD’s”. Eu adoro CD’s, sempre quando tenho dinheiro compro um!

Bom, o que queria dizer é que o rock está aí. A música une nações, é uma linguagem internacional de expressar sentimentos e mandar recados para quem precisa.

O post está cheio de idéias, talvez meio confuso. Mas quando estava o escrevendo me veio lembranças tão boas na memória. Como eu era tão mais feliz! Tinha mais tempo para APRECIAR música, para realmente OUVIR música boa!

E viva a sociedade alternativa! Salve, salve!

Aqui vai um Pout-Pourri das minhas memórias musicais!

bjossssssssss

Foto: reprodução/ Imagem do poster que tinha colado no meu quarto.



hahaha Quem lembra desse clipe?

Foto: Quem não se lembra dessa águinha colorida?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: