Tag Archives: Hanson no Brasil

Duas horas de Hanson

22 jul

Se você não foi perdeu! É tudo que tenho a dizer! Realmente o show foi M.A.R.A.V.I.L.H.O.S.O! Nunca vi os Hanson tocarem de maneira tão envolvente assim, e olha que já estive em 4 shows!

Durante as 2 horas de apresentação os três estavam com sorriso estampado no rosto e se interagindo com as fãs (canibais) que lotaram o Credicardhall, no último domingo, 21, em São Paulo. O show recém lançado álbum, “Anthem”, marcou os 21 anos de carreira do trio.

Além das canções do novo disco, a banda emplacou ao show hits de todas as fases do grupo, incluindo do auge, como Mmmbop – que não pode faltar nunca no repertório – e Save Me, quando os músicos tinham idades entre 12 e 16 anos, nos últimos anos da década de 1990.

O set-list foi composto por 25 músicas no total, que levaram as fãs ao delírio. Vale lembrar que a maioria das mulheres presentes estavam acompanhadas pelos namorados, maridos ou afins…

O show foi muito envolvente. Deu até para esquecer as dores nos pés depois de mais de 6 horas na fila! Para quem ainda tem a imagem dos três garotos de Tulsa, nos Estados Unidos cantando MMMBop, vale a pena ouvir o novo álbum da trupe! Estou dizendo isso como uma pessoa que se amarra em música. #ficaadica

HANSON 1

HANSON 2

HANSON 3

HANSON 4

HANSON 5

HANSON 6

Eu tentei filmar “Wierd” direitinho, mas saiu isso aí que vocês estão prestes a assistir! hahahahah

ass-raphaela71132

MMM Hanson

19 jul

A banda desembarcou no Brasil para cumprir uma meteórica agenda de shows. Eles vão passar pelo Rio de Janeiro e São Paulo, este fim de semana, para realizarem dois shows. Durante entrevista por telefone para o Super Quero!, Taylor Hanson, o vocalista do grupo falou sobre o novo álbum, filhos e as fãs brasileiras.  O novo álbum intitulado “Anthem”- Hino em tradução livre- é o nono da carreira da banda e segundo o cantor, as músicas trazem assuntos atuais e que são questionados pelos jovens. “O álbum se chama “Anthem” por que as músicas desse disco representam o povo. Este nome veio a calhar. Não teria nome mais apropriado que esse para batizar o novo disco”, explicou.

O trabalho também marca os 20 anos de carreira dos garotos que de acordo com o músico, o tempo os deixou mais seletos e focados em uma carreira longilínea. Isso explica o fato da banda ter optado por realizar as gravações em sua gravadora independente. “Nós somos independentes há 10 anos. Não foi por que queríamos sair de um patamar comercial. Isso se refere mais as nossas carreiras e ter liberdade de fazer certas coisas que não podíamos fazer antes,” afirmou.

HANSON

Filhos

Esqueça aquela imagem que se tinha dos meninos de Oklahoma, nos Estados Unidos cantando MMM Bop – primeiro hit chiclete da banda, lançado em 1997. Isaac, Taylor e Zac cresceram, e agora assumem outra responsabilidade: a de serem pais. Ele tem oito filhos ao todo que exigem tempo e dedicação dos músicos. “Nós continuamos muito ocupados e com muitos shows para fazer. Talvez, em longo prazo teremos que diminuir o ritmo, mas faz parte do trabalho. As prioridades mudam ao longo do tempo. Eles são uma inspiração para nós,” revelou ao Super Quero.

Apaixonadas por Hanson

As fãs brasileiras são sempre lembradas com muito carinho por eles. E segundo Taylor a banda espera que aproveitem as apresentações no país: “Nós sempre fazemos shows maravilhosos no Brasil. Elas são barulhentas, apaixonadas e gentis. O que mais podemos esperar?”, questionou.

Fotos: AgNews

898341_1Taylor_Zachary_e_Isaac_3_g

898342_2Taylor_Zachary_e_Isaac_2_g

898343_3Taylor_Zachary_e_Isaac_4_g

ass-raphaela7113

Hanson leva fãs ao delírio

7 nov

Os anos 90 estão de volta! Pelo menos para as cerca de 3 mil fãs, a maioria mulheres entre 20 e 30 anos, que compareceram no show dos Hanson que aconteceu neste último domingo no Citibankhall, em São Paulo. Depois de 6 anos sem vir ao Brasil, o trio de Oklahoma, levou ao delírio quem marcou presença na apresentação. É que durante o concerto além de tocarem músicas no último trabalho, como “Waiting for this”, “Thinking ‘bout somethin” e “Make it out alive”, a banda também relembrou grandes sucessos do primeiro CD “Middle of Nowhere”. Músicas como “Where’s the love”, “Thinking of you”, “Madeline” e, claro, não poderia faltar “MMM Bob” que aliás, foi um dos ápices do show.

Os Hanson tocaram por quase duas horas para fãs que acompanham a carreira dos irmãos desde o começo e cantaram músicas dos álbuns recentes com tamanha empolgação. Durante o show, o vocalista e tecladista Taylor Hanson, ao anunciar a música que iriam cantar revelou que “Deeper” foi escrita no Rio de Janeiro. ”Dessa vez não tivemos a chance de ir ao Rio, mas essa música foi escrita na beira da praia, na primeira vez que estivemos no Brasil, no Rio de Janeiro, em 2000. Ela foi parar no disco  “Underneath”.

Zac e Isaac também tiveram seus momentos solos no palco. Foi quando o irmão caçula assumiu o violão e tocou sozinho ”Go”. Logo em seguida, Ike veio com ”More than anything”. Vale ressaltar um pequeno detalhe: antes o primogênito perguntou se preferiam “com guitarra ou piano”. O espetáculo não acabou por aqui, Taylor também arrasou no momento solo quando tomou conta do piano e cantou “Save me”.

O trio deixou os fãs enlouquecidos quando convidou a plateia a uma viagem ao passado. “Vamos ir de volta para 1997?”, perguntou Taylor antes de emplacar ”Madaleine”. Os garotos também lembraram os sucessos de ”Thinking bout somethin”, “Give a little”, ”Lost without each other”. Este show foi uma grande prova de que os Hanson ainda estão com tudo!

Confira um pedacinho do show. Repare que as fãs cantavam tão alto que era difícil de escutá-los!

Hanson conversa com SQ! antes do show

7 nov

Antes do show, os irmão Hanson se reuniram em uma coletiva para conversar com os jornalistas. Durante o encontro eles se mostraram bem dispostos a responder as perguntas e conversar sobre filhos, projeto social, carreira e a demora em retornar ao Brasil.

Por que demorou tanto tempo para retornarem ao Brasil? Vocês acreditam que o longo período atrapalhou? A música “Thinking ‘bout something” é um marco na carreira de vocês?

Taylor – Para a gente não importa o tempo que demorou para fazerem um show no Brasil. O importante é que estamos aqui. De forma alguma atrapalhou. Ainda temos fãs que acompanham nossas carreiras. Inclusive, todo lugar que fazíamos show tinham fãs brasileiras pedindo para nos apresentar no Brasil. Com certeza “Thinking ‘bout something” é um recomeço da nossa carreira aqui.

Como reagiriam se os filhos de vocês resolverem seguir a carreira de músico? Vocês levam as crianças para todas as turnês?

Isaac – Com certeza se seguirem uma carreira musical colocaríamos para estudar muito!

Taylor – Nós os trazemos quando dá. Nesta turnê, por exemplo, nós não os trouxemos. Para eles é uma bagunça. São seis primos no total, com certeza eles se divertem muito!

Cerca de dois anos vocês iniciaram um projeto social, o “The walk”, cujo objetivo é ajudar a comunidade africana. Vocês pretendem trazer a iniciativa para América Latina, em especial o Brasil?

Taylor – A gente não pretende divulgar desta vez o projeto aqui. Mas com certeza em outra oportunidade nós vamos voltar e divulga-lo. Uma coisa curiosa que aconteceu é que todo lugar que promovíamos as passeatas tinham brasileiros participando da ação.

Isaac – Um dos objetivos com o projeto é incentivar as pessoas a realizarem este tipo de iniciativa.

Ontem, no aeroporto vocês foram recebida por algumas fãs, não é mesmo Zac? Como foi?

Zac – Fiquei impressionado como as brasileiras são fortes. Meu Deus!

Isaac – E bonitas!

Zac – Quase me machucou. (Respondeu rindo e apontando para o braço)

Para finaliza, o que as fãs podem esperar do show?

Taylor – Para o show elas podem esperar muita diversão. Vamos tocar músicas de todos os cd’s.

Isaac – Não queremos ver ninguém parado!

%d blogueiros gostam disto: